Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Dia do Pai

19.03.15publicado por Gato Pardo

É algo ímpar a velocidade com que as coisas mudam. Afinal de contas, o mundo não pára, a nossa personalidade molda-se, a nossa forma de estar altera-se de acordo com o que aprendemos, sofremos ou passamos.

Hoje foi o Dia do Pai. O teu dia.

Já foste muita coisa. Foste herói aos meus olhos de criança, vilão perante o meu olhar de adolescente e hoje és alguém. Somente.

És meu pai, não há como o negar. Possuo demasiados traços de personalidade teus, mesmo que o quisesse negar. O problema é que as tuas poucas virtudes não fazem pender a balança perante a gravidade de alguns defeitos.

Hoje dei por mim a ligar-te, como faço todos os anos. Não te vou mentir. A cada ano que passa, torna-se cada vez mais uma obrigação do que um verdadeiro desejo. Não me entendas mal. Não é que te deseje mal mas não temos nada a dizer. Não há nada que nos ligue.

Somos dois adultos que roçam o desconhecido. Tu já não sabes quem eu sou e eu já não tenho qualquer interesse em saber verdadeiramente em quem tu te tornaste. É triste, eu sei. Ambos olhamos um para o outro e vemos aquilo que fomos no passado. Eu, o filho que um dia desafiou o teu autoritarismo e que pagou o preço com treze anos de silêncio. Tu, o pai que...bem, que nunca soube bem o que essa palavra significava.

No entanto, sei que aprendeste a lição. A vida deu-te uma segunda oportunidade para corrigires alguns erros. Vejo isso na forma como ela te adora, te idolatra, o brilho nos olhos dela quando fala de ti. E ela já não é uma criança. É uma adulta, pensa por ela mesma, sabe o que quer.

Perdeste um filho muitos anos atrás. Não cometas o mesmo erro uma segunda vez.

Hoje desejei-te um feliz Dia do Pai. Porque o és. Mas não de coração.